Lady Gaga lança “Hair”

16/05/2011 § 1 comentário

Ela tá on fire nos lançamentos, né não?

The Kooples

16/05/2011 § Deixe um comentário

The Kooples é uma marca francesa que aposta na neutralidade de gêneros, em uma moda mais parecida para homens e mulheres. Algumas peças são idênticas e só mudam de tamanho para servir em uma menina ou em seu namorado. Dentro da loja, não há separação entre o que é feminino ou masculino.

As campanhas da marca sempre apresentam casais da vida real (lindos e podres de cool) fazendo carão dentro das roupas da The Kooples. Notem que, apesar da proposta andrógena, as meninas não ficam presas apenas nos coletes e gravatas estilo Diane Keaton. A proposta é mais rocker e inspirada nos dandies londrinos.

Eles também tem um blog que é pura inspiração. Ele é atualizado pelo casal Margaux, definida como uma “musa e estilista” de 25 anos, e Warren, de 21 anos, que é musico e comediante. Eles postam vídeos e fotos sobre o cotidiano do koople (he), mas tudo é um pouco artsy.

Por exemplo, esta série de fotos:

Na trilha da Kitsuné, a The Kooples também tem uma gravadora que divulga apostas musicais. Uma das únicas exigências é que os músicos sejam um casal. Leopold e Joanna, da banda Io Echo, já estão no site da marca com a música When Lillies Die.

O Brasil é cool: The Real Rio

13/05/2011 § 1 comentário

Verdade.  O site de vendas online Mr. Porter (o equivalente masculino do Net-à-Porter) fez um editorial só com brasileiros estilosos. Eles não são modelos, mas gente que trabalha e vive no Rio de Janeiro. As fotos vem acompanhadas de uma pequena entrevista com cada um deles.

Tudo muito phyno e, de um jeito ou de outro, passa um pouco do clima da cidade. Achei as fotos bonitas bonitas. Minhas favoritas:






Salma Hayek linda em Cannes

12/05/2011 § 2 Comentários

Soy sexy. Foto: The Stylist Site

Adorei a Salma Hayek no tapete vermelho de Cannes! Olha o movimento da saia desse vestido, que delícia.

A etiqueta permite casar de cinza? Acho que se for Gucci Première não tem problema, tem?

Duquesa de Cambridge WHO? Casamento do século será o meu! Foto: The Stylist Site

Sem título

12/05/2011 § 2 Comentários

Não consegui escrever um texto de tanta inveja.

Rachel McAdams estava tão tão bonita promovendo Midnight in Paris em Cannes

Ela está pensando: “O mundo se destrói, suas tontas, enquanto vocês enfiam um penico na cabeça”


Oh Land

11/05/2011 § Deixe um comentário

Oh Land é o nome artístico da Nanna Øland Fabricius, que é dinamarquesa e bonita nas horas vagas. Ela era bailarina e se machucou, durante a recuperação começou a fazer música. Deu certo na vida e chegou em Nova York.

Ela poderia ser uma diva pop, poderia fazer cover de Brigitte Bardot, mas ela é loucamente performática. Usa caftãs nos shows, glitter como base no rosto. Li uma entrevista em que ela diz que objetivo da sua música é parecer que veio de 2050, mas ainda ser clássica.  Acho que é isso que a impede de ser a Bjork e parece que ela foi encontrada em qualquer ponto dos anos 60.

dudu bertholini aprovaria

Pretinho básico

No que encontrei de red carpet, ela repetiu a performance a deixou a bailarina só para as malditas pernas finas.  Gostei bastante do colorido, mas achei o cabelo feito em casa, sem o talento da Kate Middleton.

E surpresa, ela estava no MET de Phillip Lim, mas meio booooooooring.

Mais exemplos que legalizam as coreografias estranhas e o glitter em qualquer situação:

Dance like no one is watching

10/05/2011 § 1 comentário

Você tem vergonha de fazer dancinhas cafonas na balada quando não está alcoolizado? Gostaria de fazer na faculdade a coreografia para Judas que ensaiou no banheiro de casa, mas não tem coragem? Seus problemas acabaram.

Em apenas 75 segundos, Anna Dello Russo legalizou as dancinhas bregas. Se a editora da Vogue Japan pode, todo mundo pode. Sijoga, Annoca.

Agradecimentos especiais à nossa cool-hunter @vivygarbelini.

%d blogueiros gostam disto: