Haute & Naughty Lash – M.A.C.

15/02/2011 § 2 Comentários

Minha última aquisição de maquiagem ryca foi esse rímel novo da M.A.C. Ele tem um sistema muito engenhoso que se você abre uma parte ele tira bastante o excesso e se você abre outra parte ele deixa com mais produto. A ideia parece mirabolante, mas é muito mais gambiarra (dá sensação de ‘como nunca pensaram nisso?’).

foto gentilmente cedida pelo google, crédito na foto.

Sempre fui fã de rímeis da Avon, porque são muito baratos e resolvem. Quando usei esse da M.A.C. me senti rica, então já valeu a compra. A parte Haute é boa para o dia-a-dia e para makes “tenho pele boa, sou linda”, porque ele é quase nada mesmo. A parte Naughty realmente funciona, os cílios ficam muito mais volumosos, o único problema é que faz muitas bolinhas porque fica muito rímel na escovinha, mas nada que uma passada com escovinha limpa não resolva.

coisa ryca

O cheiro é muito bom (nunca prestei atenção em cheiro de rímel) e dura bastante. No dia em que usei quilos dele em cada pestana, dormi maquiada e acordei sem rímel algum, porque ele ficou todo na fronha. Moral da história: ele não é a prova d’água e Deus castiga quem não usa demaquilante.

 

Agradecimento: @lariscampos

Resenha: demaquilante Bioderma

23/08/2010 § Deixe um comentário

Oi, meu nome é Alice e no último mês comprei 1,1L de demaquilante.

Deixando de lado o meu desequilíbrio mental e falando apenas dos demaquilantes, 1L é apenas do Bioderma para rosto e olhos especial para peles sensíveis. Nunca tinha experimentado e fiz a descontrolada comprando logo a embalagem promocional, que vem com duas embalagens de 500mL cada. 

Foi uma aposta que deu certo. Ele entrou no meu top 5 demaquilantes por preencher três requisitos básicos:

1. Tira maquiagens à prova d’água;

2. Não irrita os olhos

3. Não é oleoso/cremoso

Além disso, também senti que a pele ficou mais hidratada e macia. Na embalagem, a promessa é a de limpar, demaquiar e acalmar a cutis. Ele é super leve, sua textura parece a da água, e não tem perfume. Sem muito esforço, você tira maquiagem pesada.

O preço é bem camarada para quem vai viajar. Comprei os meus galões por menos de 16 euros em uma farmácia parisiense. Li no Garotas Estúpidas que dá pra comprar pela internet no Cosme-de.com. Para as mais contidas, também tem embalagem de 250mL.

Batons das palettes Chanel

28/07/2010 § 1 comentário

Senti a necessidade de escrever sobre isso depois que li um dos últimos posts da Camila Coutinho no Garotas Estúpidas.

Eu ganhei uma palette Chanel – daquelas que vêm com batom, blush e sombra – quando o meu pai voltou de um trabalho em Washington, DC, no ano passado. (Pai que é pai sabe presentear a filha, não é mesmo?) Até agora, eu só usei os quatro batons e as quatro sombras.

A palette fechadinha, pra ninguém achar que é enrolação.

E a minha experiência foi a mesma da Camila. As sombras são ótimas, super recomendo. O blush, eu nunca usei. Agora os batons são outra história.

Os dois retângulos do meio e os quadradinhos inferiores são os batons.

Dá para ver que eu usei bastante os batons. Talvez desse para ver melhor se eu não tivesse usado a câmera do iPhone, mas enfim. Nenhum deles têm uma cobertura satisfatória, nem realmente dão cor aos lábios. Parecem daquelas palettes de brinquedo, que a gente ganhava em festa junina.

Podem me matar, mas eu sou uma moça que acredita um pouco na força de uma marca. E, como todas sabemos que a maioria dos batons da Chanel são uma coisa linda de viver, eu prefiro acreditar que essas características dos batons das palettes são propositais. Todos devem ser feitos para darem esse aspecto de lipbalm levemente colorido.

O que vocês acham?

Foscos/Matte da Mohda Esmaltes

26/07/2010 § 3 Comentários

Lutando bravamente contra as manicures que insistem em finalizar nossas unhas com um topcoat de extra-brilho, as marcas de esmalte continuam lançando linhas com acabamento fosco/matte. 

Que eu conheça, temos a coleção Pop4You, da Risqué… Elaborada em parceria com o Reinaldo Lourenço (é claro), ela foi usada no desfile dele na SPFW. São oito cores no total, e só quatro delas são foscas. 

Twiggy (salmão), Pop (pink mais claro), Cigarrette (azul claro) e Tubinho (cinza) são foscos.

A Impala, que fez o maior sucesso com os Matte Fluors, também tem os seus foscos de inverno: a coleção Matte Luxo. Li muitas reclamações sobre esses esmaltes na blogosfera. Não sobre as cores, que são maravilhosas, mas sobre a consistência. 

Aparentemente, alguns deles são difíceis de aplicar. Ficam manchadinhos, mesmo passando direto na unha ou por cima de alguma base fosca. Eu mesma, tive sérias dificuldades com o único que eu comprei: o Ameixa Doce. 

Dei azar: li que o que eu comprei é o mais temperamental de todos.

Por isso que eu fiquei impressionada com a coleção fosca da Mohda Esmaltes, uma marca paulistana nova (tem dois anos). Recebi todas as 7 cores a base na redação, e foi facílimo aplicar. E as cores são muito bonitas também. 

Sou uma super fotógrafa: todas as cores em cima do release da coleção.

 As cores não são tão lindas quanto as da Risqué e da Impala (que são mais diferentes), mas são bem bonitas também. Principalmente a Vinho Quente (segunda da esquerda para a direita), que foi a minha escolhida para a semana e é parecidíssima com a Vermelho Veludo, da Impala.

Ao vivo, a vibe é bem "vermelho sangue", meio escuro. Lindo!

Mas (sempre tem um mas), mesmo tendo pintado no sábado, na segunda-feira eu já estava me coçando para passar uma base matte por cima. Ou seja, o acabamento não dura muito. Não se admira que seja mais fácil de passar.

Porém, acreditem, vale a pena. Como a marca é nova, é um pouquinho mais barata, e a cobertura é realmente excelente. Tenho alguns não-foscos deles também, e são tão bons quanto.

Resenha: Olio Essenziale Semi di Lino

09/06/2010 § Deixe um comentário

Ganhei uma ampolinha de Olio Essenziale Semi di Lino, da Alfaparf, da minha mãe – com recomendações e tudo mais. Resolvi testar ontem, já que meu cabelo tinha sofrido com a falta de cuidados durante o Juca.

gotinhas do milagre

O processo é o seguinte: coloca um golinho do óleo na palma da mão e dá uma esfregada, para virar uma espuma quentinha. Ah, isso tudo depois do shampoo de costume (eu usei um de limpeza profunda). Aplica nas pontas e deixa uns 15 minutos. Enxagua e fica linda. É bem simples.

Sequei com o secador sem escova, nem leave-in e ele ficou bem certinho. O frizz diminuiu consideravelmente, um espanto! Ficou com mais brilho e não ficou pesado. Até o fechamento desta edição, meu cabelo não estava nem com a sombra da oleosidade que ele fica sempre após hidratação.

Cada ampolinha custa em média R$10 e como você não usa todo o produto de uma vez, compensa muito!
Agora fiquem com essa foto profissional de mim mesma ;)

adios frizz!

Onde estou?

Você está navegando em publicações marcadas com Resenha em Hot like Mexico.

%d blogueiros gostam disto: